Nova ala do HCancer Barretos triplicará atendimento ao tumor infanto-juvenil

Investimento de R$30 milhões foi obtido apenas com doações, e novos recursos permitem a adoção de protocolos internacionais, como os do Saint Jude Children´s Research.
Publicado em 22/03/2013

Nova ala do HCancer Barretos triplicará atendimento ao tumor infanto-juvenil

O Hospital de Câncer de Barretos inaugura neste sábado (23) a segunda etapa do Hospital Infantojuvenil Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, resultado de investimentos de R$30 milhões. Os recursos foram obtidos por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas (renuncia fiscal - através da Lei do Menor e do Adolescente) e de campanhas televisivas.
 
Com 4.511 metros quadrados, a nova área abrigará um centro cirúrgico com duas salas de cirurgia; internação com 27 leitos, sendo dez quartos duplos e sete individuais destinados a pacientes com cuidados paliativos; e UTI com seis leitos.

A nova ala aumentará também o número de especialistas em todas as áreas da onco pediatria, incluindo cirurgiões, intensivistas, anestesistas, transplantadores de medula e oncologistas. Tudo isso permitirá atendimento mais direcionado ao paciente infantil nos mais diversos serviços, ente eles: transplantes de medula óssea, leucemias e linfomas, tumores sólidos e cuidados paliativos.
 
Os novos recursos permitem ainda que a instituição adote protocolos internacionais como os do Saint Jude Children´s Research e triplique o atendimento ao câncer infantil, que atualmente é de 280 novos casos por ano.
 
"A ampliação de uma área exclusiva para o atendimento infantil é muito importante porque o tratamento sendo mais específico, em ambiente próprio, torna o sofrimento da criança menor e a aceitação maior", afirma o gestor do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.

O Hospital Infantojuvenil iniciou as atividades em março do ano passado. Na primeira etapa foi inaugurada a parte ambulatorial que conta com ambulatórios, salas de infusão separadas por faixa etária, centro de quimioterapia, laboratório de emergência, recepção, administração, serviços de apoio e pronto atendimento 24 horas.

Novos recursos
 
Todos os setores da nova área terão filtros para controlar infecção, diferencial muito importante para evitar contaminação no ambiente hospitalar, especialmente em situações em que a criança está com a resistência muito baixa, como, por exemplo, após ser submetida à quimioterapia.
 
Outra novidade é sala de cirurgia integrada com aparelho de ressonância magnética e sistema de neuronavegação.  "Esta tecnologia, na qual foram investidos R$ 7 milhões, permite a utilização de imagens realizadas pré, intra e pós-operatório para orientar o neurocirurgião durante o procedimento cirúrgico, possibilitando uma abordagem mais segura aos tecidos lesados e preservação de tecidos sadios. Desta forma, o cirurgião consegue eliminar uma quantidade maior de tecido lesionado sem causar sequelas ao paciente, o que é fundamental para crianças e adolescentes", informa o coordenador médico do departamento de pediatria do hospital, Dr. Luiz Fernando Lopes.
 
O especialista destaca que a inauguração das novas instalações torna-se mais relevante considerando que o Hospital de Câncer de Barretos é centro que recebe mais pacientes em estágio avançado do mundo. "A resposta ao tratamento é maior quando a criança fica separada dos pacientes em estado terminal, pois o choque é muito grande. Também ampliaremos o contato com a família durante a internação, o que aumenta significativamente as chances de recuperação".

Com informações da assessoria de imprensa do Hospital de Câncer de Barretos.